Eu ♥ Resenhas: Sussurros de Uma Garota Apaixonada


Título Original: "Sussurros de Uma Garota Apaixonada"
Autor: Mandy Porto.
Ano: 2010.
Páginas: 243.
Editora: Underworld.
Edição: 1ª edição.
  


O livro “Sussurros de uma Garota Apaixonada” faz parte do Booktour da Editora Underworld  do qual o “eu <3 livros” faz parte.

                “Sussurros” conta a história de Brooke Watson, uma jovem que ambiciona formar-se em medicina. Tendo mantido a maior parte do tempo o seu foco voltado para os estudos, Brooke não é o tipo de personagem que fica sonhando em arrumar um namorado ou procurando por um. Pelo menos esta é a premissa que as primeiras páginas do livro nos apresenta. Brooke apesar de ter tudo para ser uma personagem determinada e forte, peca por sua imaturidade e indefinição. A personagem se contradiz muitas vezes durante o livro e se mostra infantil e insegura demais a respeito do que os outros pensam ou deixam de pensar. 
              
 Andando pelo corredor com uma caixa com os seus pertences mais básicos, Brooke esbarra em um garoto (Danny) que não é lá muito bem quisto pelas outras pessoas da universidade, mas isso ela (e nós) só descobriremos depois. Coincidentemente e por sorte o esbarrão acontece próximo ao seu quarto e Lucy, sua futura melhor-amiga e colega de quarto, a ajuda a recolher seus pertences. Lucy é de longe uma das personagens mais agradáveis que vi durante a leitura, não houve uma cena sequer em que ela aparecesse que a história se tornasse monótona. Ela é uma garota comum, comunicativa, prestativa e sempre está ao lado da sua amiga nos momentos em que ela precisa e quando não precisa. Lucy surgia sempre muito natural ao contrário de Brooke que durante toda a leitura me fez sentir como se houvesse uma preocupação da autora em mantê-la perfeita.

                Há durante o livro umas três ou quatro citações de que Brooke é loira, baixinha e de olhos azuis. Não haveria problema se isso não fosse usado como a justificativa para que ninguém a levasse a sério. Afinal, o que fazem as pessoas nos levarem a sério é a forma como transmitimos a nossa imagem através de ações. Como uma boneca de porcelana, Brooke transmite uma aparente fragilidade que é descabida, especialmente para um período em que nós estamos começando a trilhar o rumo de nossas vidas.

                Não demora muito para que Danny desapareça e retorne como um fantasma que só Brooke consegue ver.  A relação dos dois vai melhorando rapidamente, e inevitavelmente, algumas páginas depois, trocam juras de amor eterno. Mas nada que é belo dura para sempre e aquele amor que tinha tudo para ser real acaba se tornando mais forte e mais platônico. Romance à parte, nossa autora lembra que havia um serial killer a solta no campus, logo, outras mortes começam a acontecer e a história vai se tornando mais dinâmica já que abandona o drama amoroso entre Brooke e Danny por algumas páginas.  E apesar de haver um serial killer à solta, a vida escolar continua praticamente a mesma, apenas com algumas restrições quanto ao horário e rondas policiais pelos corredores. 

                Após o mistério revelado, temos um final que beira a ficção científica aliada ao espiritismo. Soou um tanto forçado para que tudo acabasse com um “e eles foram felizes para sempre”. A cena de sexo, digamos assim, achei desnecessária apesar de me ter parecido que foi colocada para extravasar o desejo de outrora que não poderia ser consumado devido ao fato de Danny ser incorpóreo.

                Mandy ainda tem muito o que melhorar, isso é um fato, mas acredito que daqui alguns anos quando se tornar mais madura nas questões da vida e na escrita, poderá sim produzir obras bastante significativas para os apreciadores do gênero romance. Espero que quando esse tempo chegar, a autora escolha usar como plano de fundo o Brasil que é muito rico e oferece uma gama de tramas para os escritores que ousarem a pensar em usar.

 Xoxo, 

Julliana Passos.

2 comentários:

Amor de Livros disse...

Nossa, estava louca pelo livro, mas imaginava algo bem diferente... Gostei bastante da resenha, só que agora fique com um pé atras na compra... Não sei se compro logo ... Amei a resenha ...

Renata Sara

amordelivros.blogspot.com

Julliana disse...

Faça o que o seu coração mandar, flor. Hahahahah É que esse tipo de leitura não me agrada tanto, mas se você gosta, vai ver que você curte o livro mais do que eu. A Mandy é bem simpática e agora, pelo que sei, ela revisou esse livro e mudou algumas coisas, tá procurando uma editora nova para relançar, acredito que essa segunda edição possa ser mais interessante...

Beijos,

Julliana.

Postar um comentário

- Agradecemos a leitura do post e adoraríamos saber a sua opinião.
- Responderemos o seu comentário aqui mesmo.
- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.

 
Eu ♥ Livros © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top