Eu ♥ Resenhas: Opúsculo



Título Original: "Nightlight - A Parody [Paperback]"
Autor: The Havard Lampoon.
Ano: 2010.
Número de Páginas: 144.
Editora: Novo Século.
Edição: 1ª Edição.




Talvez você ainda não tenha ouvido falar desta paródia a famosa saga da atualidade: Crepúsculo. Bem, Opúsculo não foge a regra do humor britânico (que sou fã, obviamente), sendo assim, é um livro de humor ácido e repleto de ironias e sarcasmo.

A paródia traz a história de Belle Goose, uma menina pálida, desajeitada e obcecada por não-humanos que se muda para Switchblade - uma cidade pequena - para morar com o pai depois do casamento da mãe. No primeiro dia de aula, após ser tão bem recebida pelos seus novos colegas normais e - por isso - entediantes e sem graça, Belle vê em uma mesa distante um rapaz com hábitos muito peculiares, primeiro: ele não havia notado-a e segundo: em frente a ele havia uma bandeja cheia de batatas deliciosamente assadas e ele nem ao menos havia tocado na comida. Afinal, que ser humano resistiria a batatas assadas? Belle então descobre que aquele ser tão concentrado e de cabelo castanho-ruivo-alourados heterossexualmente aparados era Edwart Mullen e se interessa por ele. Assim começa a aventura amorosa da futura ganhadora de um Oscar, como ela mesma se intitula. Claro, não devemos esquecer que Edwart a salva de uma terrível e perigosa bola de neve qual se derrete misteriosamente ao entrar em contato com o rapaz, como se fosse feita de uma substância aquosa. Devido a tantos acontecimentos estranhos, Belle chega a uma dramática conclusão: Edwart só pode ser um vampiro.

No decorrer da história, não deixamos de ver tudo o que lemos em Crepúsculo nenhuma vez. Acredito eu que Opúsculo consegue transcender o universo criado em Crepúsculo, uma vez que vemos também na Belle muito da autora da obra parodiada. Certo que não conheço Stephenie Meyer, mas é impossível não identificar certas passagens referentes a ela, como essa:
 
Digitei uma simples palavra: ―vampro. O Google perguntou: ―Você quis dizer vampiro?. Eu disse sim. 
 
Senti-me estupefata e confusa com os resultados: ―Nosferatu, ―Treinamento de verão Buffy, ―O princípio de romance de Kristen Stewart, ―O sol da meia-noite vazou, ―Robert Pattinson excelente cantor de blues.
 Estranho. O que qualquer dessas coisas tinha a ver com vampiros? Levantei da minha escrivaninha, sentindo-me tola por olhar para figuras de um belo casal que claramente não eram vampiros. Essa busca tinha sido infrutífera: apareceram somente 62.500.000 resultados. Teria que me apoiar em meu próprio conhecimento. Então pensei, por que não compartilho esse conhecimento com o mundo? Sentei-me de volta ao computador e fui para a página do verbete ―vampiro na Wikipédia. Acrescentei uma frase ao artigo: ―Edwart Mullen, de Switchblade, Oregon, é um vampiro, mas não o mate porque eu o amo! então, acrescentei uma foto dos músculos abdominais do Edwart.
 Se vocês perceberem, é claramente uma crítica a forma como Crepúsculo foi escrito. Eu, é claro, ri bastante com esse mais outros tantos parágrafos que não vou citar aqui, embora esteja louca para fazer isso.

Opúsculo consegue fazer piada com quase toda a obra escrita por Meyer, mas mesmo assim, não deixa de ser original. Achei a Belle Goose muito mais cativante que a Bella de Twilight, aliás, todos os personagens de opúsculo - confesso - achei que foram mais bem trabalhados do que na obra original. Edwart é maravilhosamente engraçado com todos as suas fobias e seus trejeitos nerds.

Em suma, Opúsculo tem parágrafos divertidos e uma escrita fácil de ler, além de não ter tantas páginas. Resultado? Um livro lido em poucas horas e com muitas gargalhadas ao passar das páginas. Recomendo tanto para os fãs da saga quanto para os que detestam. Mas seria interessante que a pessoa já tenha lido Twilight antes de ler Opúsculo, aliás, qual o sentido de ler a paródia de algo que você não conhece? Enfim, boa leitura e ótimas risadas!

5 comentários:

Luiz Silva disse...

hahahahah
Ri muito com o trechinho do livro!!
Sempre tive vontade de ler esse livro, pel oque você disse, deve ser excelente!!

Abraço


Luiz Silva
blogueiroleitor.blgospot.com

Julliana disse...

@Luiz Silva

Por mim eu colocaria vários trechos porque Opúsculo tem partes maravilhosas no quesito irônico, hahaha. Procure ler sim, você vai se acabar de rir! :D

Gabriel disse...

Eu quero ler esse tbm *crise*

Eu quero ler tanta coisa, estou precisando de mais olhos aiuhuiahuiah

Dand disse...

Noossa , ja tinha visto esse livro na livraria e me interessei na hora, tipo, adoro parodias, e de crepusculo entao... desculpem-me fãs, mas n gosto de crepusculo, nao li nem vi, mas eu quero A-G-O-R-A Opusculo, parece ser mtmt' bom

Beijinhuus <3

Lizzie disse...

Ri demais com esse trecho! Eu nem tinha muita vontade de ler, mas vale a pena se o livro for assim mesmo.
Abraços!

Postar um comentário

- Agradecemos a leitura do post e adoraríamos saber a sua opinião.
- Responderemos o seu comentário aqui mesmo.
- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.

 
Eu ♥ Livros © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top