Eu ♥ Resenhas: Amante da Fantasia


Título Original: “Fantasy Lover”

Saga: Dark-Hunter

Autora: Sherrilyn Kenyon

Ano: 2012

Páginas: 334

Editora: Novo Século



          E, finalmente, a saga Dark-hunters foi lançada aqui no Brasil. Estava super ansiosa para possuir esse livro em minhas mãos e não me arrependi de ter gasto meu dinheiro nele! (Mesmo a capa me frustrando, não fazendo jus ao tudo de bom Julian da Macedônia)

        A saga Dark hunters começa com a estória de Julian da Macedônia. Julian não é um Dark-Hunter, e sim, um semideus filho de Afrodite e um general Espartano, embora toda a saga dos guerreiros ainda não seja retratada nesse livro. O  livro é como se fosse um prólogo, já que nos situa em relação aos personagens e ao universo que a autora criou para a saga.

           Em sua sinopse a autora nos da uma ideia do que Julian passa e como se sente:

               
Cara leitora,             
Ficar preso em um quarto com uma mulher é algo formidável. Ficar preso em centenas de quartos durante mais de dois mil anos não é. E ser amaldiçoado dentro de um livro como um escravo sexual pela eternidade pode arruinar até mesmo o dia de um guerreiro espartano.Como escravo sexual, eu sabia tudo a respeito das mulheres. Como tocá-las, como saboreá-las e, principalmente, como satisfazê-las. Porém, quando fui evocado para realizar as fantasias sexuais de Grace Alexander, encontrei a primeira mulher na história que me enxergou como um homem com um passado atormentado. Só ela se importou em me tirar do quarto, levando-me para o mundo. Ela me ensinou a amar outra vez.Mas eu não nasci para conhecer o amor. Fui condenado a uma solidão a uma solidão eterna. Como general, eu tinha aceitado minha sentença havia muito tempo. Porém, agora encontrei Grace... a única coisa sem a qual meu coração ferido não é capaz de sobreviver. Com certeza, o amor pode curar todas as feridas, mas poderá romper também uma maldição de dois mil anos?

               
Confesso que não sou muito fã de livros que começam com uma temática que remeta a algo sexualmente explicito.  No caso Julian, a trama se desenvolve sendo ele um escravo sexual grego amaldiçoado a ficar preso por toda a eternidade dentro de um livro, só podendo sair quando é invocado. Acho apelativo e, aparentemente, a trama seria voltada para a paixão e luxuria, porém ao lermos as páginas, entendemos os personagens e a trama, o porquê da autora os fazer  assim.

Julian era um poderoso general espartano treinado desde a infância nos quartéis, sem família, sem amor, apenas conhecendo a fome, frio e a violência. Já podem imaginar como um bastardo é tratado, né? Julian é descrito à semelhança de Adônis, literalmente como um deus grego, cobiçado por todas as mulheres e invejado por todos os homens, nunca sendo amado por ninguém.

E temos Grace Alexander, psicóloga, sexóloga quase entrando na casa dos 30. Grace é cética e um tanto traumatizada e receosa. Chega a ser irônico alguém que lida com os problemas sexuais dos outros e não consegue ajeitar os seus. Grace, a principio, o rejeita. Não, por não achar Julian atraente, mas sim porque não quer apenas uma relação amorosa e nada mais. Não quer apenas ser usada e depois dispensada, ela é romântica e quer mais do que isso. Ela quer amor e companheirismo.

Além dos personagens principais, somos apresentados a alguns deuses como: Eros, Afrodite, Atena e Príapo. Julian como filho de Afrodite, a deusa do amor, beleza e sexualidade, é meio irmão de Eros (deus do amor) e Príapo (deus da fertilidade). Por tantos traços na família ligados à beleza e sexualidade, posso julgar que seja por isso que a maldição de Julian seja ligada a escravidão sexual.

Mesmo ainda não tendo ligação com a trama recorrente dos guerreiros imortais, os Dark-Hunters, a história de Julian da Macedônia e Grace Alexander é bem explorada, não consegui ver pontas soltas e pra tudo havia uma explicação. Já comprei o próximo livro lançado! O de Kyrian da Tracia (que no caso é o 4º livro, mas o 2º lançado no Brasil), esse sim é a história do primeiro Dark Hunter... Esperem e logo terão essa resenha também, pois a saga é maravilhosa! Não deixem de conferir!

 Beijos

Isabela



4 comentários:

Alice Aguiar disse...

nem conhecia, mas a resenha me conquistou, parece ser uma boa leitura viu

Julliana disse...

Já sabe que vai me emprestar, né bonita?

Vive falando dessa saga, me deixa com água na boca, agora vai ter que emprestar, não tem jeito! hahahah :)

Parabéns pela resenha, ficou ótima!

Beijão,

Julliana.

Isabela disse...

Ahhh que bom que conquistei mais uma leitora pela minha resenha =D

A saga é ótima...vale muito a pena conferir, aproveita que ela começou a ser lançada agora no Brasil então ta bem no inico =D

bjuss

Bebel

Isabela disse...

ohhhhh Juju minnha fofuxa! O livro está aqui te esperando =D

Pode vir pegá-lo quando quizer e se maravilhar com o adônnis do Jullian!!! =D

E depois te empresto o do Kyrian tbm!!!

bjusss xuxu

Postar um comentário

- Agradecemos a leitura do post e adoraríamos saber a sua opinião.
- Responderemos o seu comentário aqui mesmo.
- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.

 
Eu ♥ Livros © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top