Eu ♥ Resenhas: Jogos Vorazes




Título Original: Hunger Games
Autora: Suzanne Collins
Ano: 2010
Número de Páginas: 397
Editora: Rocco
Edição:





“Se pudesse escolher, tentaria esquecer por completo os Jogos Vorazes. Jamais falaria neles. Fingiria que não eram nada além de um sonho ruim.”


A heroína Katniss pode até tentar esquecer suas aventuras, mas eu estou aqui para apresentá-las a você, caro leitor. 

Escrito pela americana Suzanne Collins, Jogos Vorazes se passa no cenário mais violento que já encontrei em uma saga dirigida ao público jovem. 

Em um futuro pós-apocalíptico, o mundo como o conhecemos está devastado.  A América do Norte se transformou em Panem, o continente onde os seres humanos aprenderam a sobreviver e a reconstruir uma sociedade. 

Panem se divide em um estado administrativo que exerce o poder, a Capital, e mais 13 territórios, chamados Distritos, onde cada um tem a responsabilidade de suprir certo tipo de necessidade dos habitantes da Capital. Dessa forma, o Distrito 1 se encarrega de manufaturar produtos de luxo, o Distrito 4 é responsável pela pesca, o Distrito 8 abriga toda a indústria têxtil e assim por diante. Obviamente, a ditadura da Capital sobre os Distritos não era motivo de felicidade em Panem, e em certo momento do desenvolvimento desse novo mundo houve uma guerra sanguinária por independência e igualdade entre os territórios. A Capital esmagou a revolta, dizimou o Distrito 13, e, para garantir que os Distritos jamais esqueceriam as consequências de desafiar os governantes, criou o evento que dá nome à trilogia, Jogos Vorazes. 

Anualmente, um menino e uma menina de idade entre 12 e 18 anos são retirados de seu Distrito de origem e levados para a Capital, onde uma arena especial está à espera deles. Os vinte e quatro adolescentes que adentram a arena - os tributos dos Distritos - precisam matar uns aos outros, uma vez que é permitido apenas um sobrevivente para cada edição da disputa. Toda a Panem é forçada a assistir aos tributos se combatendo, pois o controle que a Capital exerce sobre a mídia faz dos Jogos Vorazes a programação obrigatória. O vencedor dos Jogos conquista riqueza vitalícia e presentes para aliviar as condições de vida dos compatriotas de seu Distrito. Para conquistar o prêmio, o preço a se pagar é o sangue dos vinte e três derrotados, além do medo constante que assombra as famílias dos Distritos entre uma edição dos Jogos Vorazes e a próxima.

Nesse universo sombrio, encontramos Katniss Everdeen, a protagonista de dezesseis anos que reside no Distrito 12, o mais pobre território de Panem e responsável pela mineração. Desde a morte prematura do pai em um acidente nas minas, ela é responsável pelo sustento de uma mãe em estado de profunda depressão e da irmã de doze anos. Para cumprir o posto de chefe de família, Katniss caça ilegalmente na companhia do melhor amigo, Gale Hawthorne, e vive com a preocupação diária de colocar comida na mesa. Não é uma vida fácil para uma garota tão jovem, mas o que já está ruim sempre pode piorar. Sorte não é exatamente o forte da família Everdeen, então a colheita de tributos para o 74º Jogos Vorazes anuncia o nome Primrose Everdeen como representante do Distrito 12. Para salvar a irmã do combate nos Jogos, Katniss se oferece como tributo em seu lugar. O tributo masculino sorteado é Peeta Mellark, um filho de padeiro que, no passado, salvou Katniss da fome. Apesar do intenso sentimento de dívida que sente por ele, Katniss sabe que a única maneira de voltar para casa inclui matar seu companheiro de Distrito e mais vinte e dois jovens tributos.


“-Katniss, a coisa não passa de uma caçada. Você é a melhor caçadora que conheço.

-Não é só caçada. Eles estão armados. Eles usam a cabeça.

-Assim como você. E você tem mais experiência. Experiência real. Você sabe como matar.

-Não pessoas.

-E que diferença pode ter? – indaga Gale, de modo sinistro.”


A partir de então, Katniss se despede da sua antiga vida no Distrito 12 e é levada para a Capital, iniciando suas preparações para os Jogos Vorazes, período em que recebe treinamento do sempre bêbado e ao mesmo tempo grande estrategista, Haymitch – um dos personagens mais surpreendentes da saga, é o tipo de mentor que ninguém gostaria de ter. Katniss conhece também a extravagância da Capital, personificada pela colorida Effie Trinket – perucas rosas exageradas foram sucesso no último Halloween americano! Cinna, o estilista responsável pelas apresentações públicas da tributo, cumpre o papel de aliado confiável e ajuda o leitor a entender o simbolismo dos Jogos Vorazes. Essa fase também mostra a perspectiva da Capital, que acompanha os Jogos Vorazes como um reality show especialmente emocionante, indiferente ao sofrimento que o evento causa. É interessante perceber que a autora critica diretamente esse tipo de entretenimento, e usa bastante o termo “pão e circo” para descrever a estratégia do governo para manter o povo alienado através de diversão barata.

Quando os Jogos Vorazes começam, a ação não deixa nada a desejar. O livro é narrado em primeira pessoa, e é impossível não sentir a adrenalina de Katniss enquanto a garota corre por uma floresta cheia de armadilhas e inimigos. A descrição dos cenários é impecável, e o ritmo da história é constante e envolvente, prendendo o leitor às páginas do livro da mesma forma que o público de Panem gruda na TV para acompanhar os Jogos Vorazes. 

Romance? Estou falando de uma trilogia protagonizada por adolescentes! É claro que esse é um elemento presente na trama, visto que Katniss e Peeta assumem publicamente um namoro inexistente - estratégia de Haymitch para justificar a temporária parceria entre eles dentro da arena, e assim conseguir mais pontos de simpatia com o povo da Capital. O desenvolvimento do casal não é forçado e se torna até um dos melhores conflitos da história, já que Peeta claramente está mais a vontade com as encenações do que Katniss se permite imaginar. O casal é tão carismático que até o insensível público da Capital se comove com o destino trágico dos adolescentes guerreiros. Katniss e Peeta se tornam os queridinhos da audiência, e ao longo do evento a indisposição de ambos em seguir as regras impostas pelos idealizadores dos Jogos leva um novo sopro de rebeldia aos desmoralizados Distritos nos quatro cantos de Panem. 

É claro que não vou estragar a festa revelando o desfecho da competição. 

Só me arrisco a dizer que o final da 74º edição dos Jogos Vorazes é emocionante, e abre caminho para o segundo livro da saga, quando os Distritos inspirados pelas ações de Katniss e Peeta começam a se reerguer para a luta por justiça. 

“Katniss Everdeen, a garota em chamas, você acendeu uma fagulha que, se não for contida, pode crescer e se transformar num inferno que destruirá Panem.”

Jogos Vorazes é um livro escrito com linguagem simples de forma habilidosa.
Cumpre a função de toda saga fantástica: divertir até a última página - trazendo o bônus de ser capaz de inspirar reflexões sobre alguns problemas bem atuais. 

Qual é o Jogos Vorazes que anestesia nossa rebeldia? 



Para quem ainda não sabe, o primeiro livro da trilogia já virou filme. O roteiro, como sempre, não explicou todas as circunstâncias que levou ao Jogos Vorazes, e as ponderações morais dos personagens ficaram perdidas nas páginas do livro, mas... Vale a pena! Os cenários e caracterizações estão impecáveis, assim como as sequências de ação na arena. Confira o trailer para entrar no clima:




E que a sorte esteja sempre a seu favor!

2 comentários:

Alice Aguiar disse...

eu ja sabia o final antes de ler o livro
me contaram pq eu nao tenho problema com isso e pq eu perguntei, pq eu nao fui com a cara do livro D: nao leria esse troço sahuhuahu
gostei da resenha, mas de verdade eu nao tneho interesse nenhum em ler,se eu ganhar eu sorteio xp

Joyce Gadiolli disse...

Eu amei essa série, li a trilogia muito rápido por ter achado a história muito envolvente. Parabéns pela resenha.

Obrigada pela visita no meu blog, já estou te seguindo e curti no face, gostaria que retribuisse :)

Joyce
http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

Postar um comentário

- Agradecemos a leitura do post e adoraríamos saber a sua opinião.
- Responderemos o seu comentário aqui mesmo.
- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.

 
Eu ♥ Livros © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top