Eu♥Entrevistas: Eddy Khaos

Eu amo entrevistas, sabem por quê? Porque nós temos a oportunidade de conhecer um pouco mais do escritor, conhecer o lado dele que não é feito de caneta e papel. O entrevistado da vez é o senhor Eddy Khaos que, aliás, é muito simpático. Tive o prazer de conhecê-lo no lançamento da antologia "Almoço em Família" e "Equinócios de Amor".


A entrevista foi feita pela Roxane Norris, mas a Rô tá um bocado ocupada nessas últimas semanas, então cá estou eu só postando tudo o que ela me passou.

Eddy Khaos nasceu em Santana do Parnaíba, São Paulo, em 1980. Graduado em Artes plásticas e Logística. Eddy começou a escrever por diversão quando ainda jovem, desenvolvendo roteiros para campanhas de RPG: "Vampiro - A Máscara". Acabou pegando o gosto pela escrita e desde então, não parou mais de escrever. Tem seus textos espalhados pela internet em diversas páginas, seus poemas e contos, publicados em várias antologias. Recentemente criou uma editora que lança livros em formato E-book para ajudar novos escritores. 


EuLivros: Em que momento o Edson se descobriu Eddy Khaos?

E. K.: Isso foi no ano de 2000 quando frequentava feiras de animes (Eventos de cultura japonesa voltados para animação) e comecei a assinar os fanzines que havia na época para vender nesses eventos e acabou ficando até hoje.

EuLivros: Você é uma pessoa de múltiplas facetas: autor, organizador, blogueiro, designer... Ainda acho que esqueci alguma (risos). Ou seja, uma mente que não para. Como é lidar com todas elas ao mesmo tempo?

E. K.: Sabe que nunca parei para pensar nisso!!! Sempre fui auto didata!!! Então, vou tentando até conseguir fazer aquilo que desejo. Levo tudo isso na maior tranquilidade possível. ^^

EuLivros: Na sua experiência de organizador, como é lidar com o autor nacional? Em que você baseia suas escolhas de temas para antologias?

E. K.: Lidar com autor nacional tem seus altos e baixos!!! Mas, no geral, é extremamente gratificante! Quanto as minhas escolhas, para temas gosto sempre de buscar um assunto, na maioria, não são muito explorados. Como o projeto que estou organizando sobre PIRATAS.

EuLivros: Agora do ponto de vista de autor: como  você encara o atual mercado literário brasileiro?

E. K.: O mercado está crescendo muito graças às pequenas editoras que estão aparecendo por ai e aos eventos literários que vem sendo frequentes durante todo o ano. Porém, infelizmente ainda há grande dificuldade para a venda de livros de autores iniciantes e até mesmo autores que já estão a um bom tempo nessa estrada. Pois a coisa mais rara é você chegar numa livraria e encontrar livros de autores iniciantes por mais que o livro seja ótimo!!! Se você não for autor estrangeiro ou tiver muita grana para comprar um espaço em uma vitrine a coisa fica difícil. E o negócio é fazer como a maioria, trabalhar a divulgação de seu livro por meios digitais e a fazer a venda dele também dessa maneira e em eventos que a venda seja permitida.

EuLivros: Ultimamente tornou-se muito comum a crítica pela crítica. Vemos isso em vários blogs, e claro, por ser uma figura popular, o autor acaba sempre envolvido quer seja por sua obra, ou até mesmo por sua editora. Enfim, não há muitos parâmetros para definir esse alcance. Você já teve que lidar com isso? Como você vê esse tipo de comentário?

E. K.: Já sim!!! mas é algo que sempre existiu e sempre vai existir. Eu tenho para mim que faço, o que faço, por que gosto. Se alguém ta incomodado com meu trabalho faço a seguinte pergunta: por que em vez de ficarem falando um monte de asneiras em blogs ou em redes sociais não vão fazer um trabalho melhor que o meu para mostrarem que tudo que estavam falando é verdade? Resumindo, eu não dou a mínima para esses comentários.

EuLivros: Vamos falar um pouco de “O Anjo Poeta” seu livro que foi lançado na Confraria Fantástica, em junho, e que esteve na Bienal. Apesar de ser suspeita, porque gosto da sua escrita, seu livro vale a pena ser devorado nos mínimos detalhes. Então, eu gostaria que nos contasse como foi escrevê-lo, e desse aquele gostinho ao nosso leitor de querer conhecer ainda mais sua obra.

E. K.: Como foi escrever “O Anjo Poeta”?  O que posso dizer... Foi uma das melhores experiências que já tive.  Não só pela forma que ele foi escrito, mas também pela várias criticas positivas que recebi. Tanto na Confraria, seu evento de lançamento, como na Bienal do livro 2012. Por que  os  leitores deveriam  ler  o meu  livro?
Por que as pessoas acreditam em anjos? Esta é uma pergunta a qual não posso responder. Posso, no entanto, afirmar que eles estão em todas as religiões do mundo; são seres iluminados e não levam em conta os registros de nossos atos negativos, portanto, não perdoam, já que não cabe a eles julgar. Anjos... Eles realmente existem. Não apenas em produções do cinema, histórias em quadrinhos ou nos animes (desenhos) japoneses. Tais seres vão além de mitos, símbolos ou nossa cultura geral.

Então, pessoal, é isso! Quero agradecer a Rô pela entrevista, ao Eddy por ter aceitado participar de uma entrevista para nós do blog e a vocês que estão lendo.

Para saber mais sobre o Eddy (me sentindo a íntima, né?), conheça a página do autor no skoob, a rede social de leitores mais querida. <3

Ou o Blog

Por enquanto é só, em breve entrevista com o Markus Thayer, autor de Hathor! <3

Xoxo,

Julliana Passos.

4 comentários:

Alice Aguiar disse...

curti a entrevista, eu nem conhecia ele juh xp

Julliana disse...

Ele é muito simpático, Alice! :D Vale à pena conhecer! :)

Eddy Khaos disse...

Obrigado Juliana ^^

Julliana disse...

Ah, eu que agradeço por você ceder um tempo para responder uma entrevista pra gente.

Postar um comentário

- Agradecemos a leitura do post e adoraríamos saber a sua opinião.
- Responderemos o seu comentário aqui mesmo.
- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.

 
Eu ♥ Livros © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top