Primeiras Impressões #1

"Sussurros de Uma Garota Apaixonada", para aqueles que não sabem, é um livro de uma nova autora brasileira chamada Mandy Porto (acesse seu blog aqui).







O livro conta a história de Brooke Watson, uma novata na Universidade de Standford. Brooke é o tipo de garota que não quer saber de garotos e, em vez de namorar, prefere se concentrar nos estudos e realizar seu desejo de ser uma boa médica no futuro, apesar de ninguém acreditar nela por causa da sua aparência delicada e ingênua. Mas quando Danny Garcia, um garoto arrogante que a maioria das pessoas da Universidade detesta, entra em sua vida, a visão de vida de Brooke começa a mudar. Porém, não demora muito e ele é assassinado por um Serial-Killer e Brooke é a única que consegue ver seu espírito. Eles se detestam, mas têm que trabalhar juntos para descobrir quem é o assassino que está matando meninos no campus da Universidade. E assim, mais uma vez, o amor ultrapassa os limites da morte.

A capa foi feito pela Marina Avila que faz capas maravilhosas.

O livro possuirá 256 páginas (segundo o que está na página dele no skoob) e será publicado pela Editora Underworld. A pré-venda já começou e, se você deseja uma prova dessa história, a Underworld já liberou o primeiro capítulo para nós. Que você pode baixar aqui.

Aliás, este foi a única coisa que li desse livro (além da sinopse), por isso ele está nesse "canal" do blog, onde irei comentar o que os primeiros capítulos dos livros me passaram. Não é uma resenha, obviamente, porque não teria como saber toda a história e como ela se desenrola, então não posso avaliar com toda a certeza, por isso mesmo o nome desse canal "Primeiras Impressões".

O Trailer do livro feito pela Autora

Então, esse primeiro capítulo provocou em mim certo desapontamento, porque eu esperava que a autora, sendo brasileira, utilizasse o nosso país como plano de fundo. O Brasil tem muitas coisas interessantes também e boas universidades. Se for para o caso dos dormitórios, várias Universidades Federais, como a UFRJ, e Militares, como o ITA, (não sei das universidades estaduais ou particulares, então não posso citar alguma) têm dormitórios para os estudantes que moram muito longe. Logo, isso não seria motivo para não escrever a história no Brasil. Não que eu ache que os autores nacionais devem se limitar ao Brasil, ao contrário, a escrita não conhece limites, porém, na minha concepção, seria mais interessante se a autora utilizasse o país em que vive. O Brasil possui tantos recursos...

O que me deixa ainda mais triste com isso é que enquanto os outros países se orgulham de suas nações e os escritores, geralmente, utilizam seus países como plano de fundo para suas histórias, os brasileiros desprezam a sua própria cultura e sua Pátria (não que eu esteja falando da Mandy, não a conheço o suficiente para afirmar tal coisa, estou falando de uma forma geral). Confesso que até um tempo atrás eu tinha uma postura bem anti nacionalista, mas hoje minha opinião mudou completamente quanto a isso. Querem saber a nova? O que faz um país crescer é a confiança e o amor que seu povo tem por ele. Porém, vamos deixar isso de lado e seguir com as outras impressões que tive ao ler o primeiro capítulo.

Primeiro capítulo, aliás, que é bem curtinho, tendo apenas oito páginas. E, bem, esse primeiro capítulo não possui muitas descrições e traz à tona todo aquele ambiente de colegial típico do gênero "Jovem Adulto" (Young Adult, como é mais conhecido). A personagem principal, da forma que é introduzida, não chamou a minha atenção, parecia muito comum e apagada demais. Já a colega de quarto, Lucy, chamou muito mais a minha atenção por sua espontaneidade e carisma. Mas, lembremos que só li o primeiro capítulo, a autora pode ter desenvolvido melhor a personalidade da protagonista no decorrer da obra. E, bem, ao que venho notado nos YAs que li até hoje, esse tipo de protagonista é comum e esse tipo de amiga da protagonista também. Acho que é porque ela - a protagonista - representa a "jovem insegura" que há nas adolescentes e até em algumas mulheres, fazendo assim o seu público alvo se identificar e se interessar pelo livro de imediato.


Bem, talvez eu esteja sendo um pouco crítica demais e a razão disso talvez seja o fato de eu achar a maioria dos títulos de Young Adult previsíveis e clichês, geralmente pela sinopse já podemos dizer o que vai acontecer no decorrer do livro inteiro. Porém, estou tentando o máximo de mim para ser imparcial, afinal, não conheço as obras da autora e ela poderá até me surpreender, quem sabe?

O que achei o diferencial nessa obra foi o fato de abordar o assassinato de Danny e que Brooke irá investigar isso, como gosto de temáticas policiais, isso me fez olhar tudo com outros olhos e cair em dúvida que uma futura surpresa possa ocorrer ao chegar ao final do livro. Apesar desse tipo de romance não me parecer original, afinal, quem não se lembra de "E Se Fosse Verdade"  de Marc Levy? Para aqueles que não leram o livro, ainda há o filme de mesmo nome protagonizado por Reese Whiterspoon. E, de certa a forma, as histórias me pareceram um tanto similares (pelo menos pelo que li da sinopse de "Sussurros de Uma Garota Apaixonada").

Contudo, apesar dos pontos que citei e que me desagradaram, acho que vale à pena dar algum valor para autores nacionais, principalmente os iniciantes, é sempre bom valorizar a literatura nacional. "Sussurros de Uma Garota Apaixonada" tem uma sinopse interessante e promete render uma história de suspense e romance, talvez este seja o tempero deste livro que ainda não li. Então, para aqueles que curtem o gênero Young Adult (Jovem Adulto) provavelmente é uma boa pedida.

4 comentários:

Biih disse...

uaaaaaaaaaaau parece ser uma história muito legal, vou ver se reservo um com a Mandy. Gostei bastante! Adoro colegiais americanos, rsrsrs. :)

Ren DeVille disse...

Eu esperava mais. BEM mais da Mandy. Porra, tá uma puta propaganda por aí e me aparece isso... Decepção, mal aí.

J. disse...

Dizem que "O diário de um Anjo" é melhor, mas ainda nem li o primeiro capítulo.

Aproveitando pra pedir desculpas pela falta de atualizações, amanhã ou depois farei um post explicando a situação :D

Salomé Fernandes disse...

Não li nada da autora fora o blog dela, mas os livros estou tendo uma propaganda boa, e fico triste por ela não explorar o nosso Brasil tão rico. Li outro dia que o livro O diário de um anjo, os personagens possuim nome estrangeiro, que pena!
beijoos
http://deliriosdesalome.blogspot.com/

Postar um comentário

- Agradecemos a leitura do post e adoraríamos saber a sua opinião.
- Responderemos o seu comentário aqui mesmo.
- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.

 
Eu ♥ Livros © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top