Eu ♥ Resenhas: Vida de Droga



Título Original: "Vida de Droga".
Autor: Walcyr Carrasco.
Ano: 1999.
Número de Páginas: 170 páginas.
Editora: Ática.
Edição: 3ª Edição.






O livro "Vida de Droga" conta a história de Dora, uma menina de classe média alta que sempre teve tudo o que quis, sendo assim, Dora é completamente mimada e arrogante. Por isso, quando seu pai perde o emprego e a família começa a ficar sem dinheiro, perdendo todo o luxo, Dora começa a se rebelar. Após a perda do dinheiro, as brigas entre o pai e a mãe começam a se tornar mais frequentes também, o único que parece apoiar os pais e não dar trabalho algum é o filho mais novo. Não podendo mais sustentar os gastos que tinham com a casa em que moravam, Dora e sua família têm de mudar para o subúrbio, menos o pai que conseguiu um emprego no norte do país e vai para lá passar os primeiros períodos de experiência, prometendo levar a família consigo assim que conseguir se estabilizar. Mas isto não ocorre, os pais de Dora se separam e a situação fica cada vez mais crítica. A mãe arruma um emprego para tentar aumentar a renda familiar. Dora torna-se cada dia mais rebelde, odeia o novo lugar em que mora, a nova escola e a nova vizinhança. Mas passado algum tempo, a garota começa a se acostumar com tudo e até arruma um novo namorado e é com esse novo namorado que ela conhece as drogas. Começando com as drogas leves, Dora inicia o processo que a levará ao fundo do poço e, é claro, isso só piora ainda mais a situação da família. A mãe, inicialmente, não percebe que a filha está viciada, apenas o irmão mais novo desconfia que tem algo errado com a irmã. O livro narra muito bem todas as fases do vício e sabe explicar ao leitor o motivo daquilo ter acontecido, ou seja, todas as coisas tem uma razão para estar ali, não tem pontas soltas. Pelo menos eu não achei.

"Vida de Droga" é até um título bem interessante já que podemos atribuir pelo menos dois significados a ele: "A vida de alguém que vive para as drogas" e podemos ver o "de droga" como "ruim", logo, "Vida ruim" que é quando a Dora perdeu tudo e conheceu as drogas. Acho que os dois se adequariam a esta história tão forte e sofrida que foi a de Dora. Aliás, acho que a vida não poderia ser diferente quando nos envolvemos com as drogas.

Enfim, Walcyr Carrasco escreveu um ótimo livro, acredito eu, para todas as idades. Porque mostra a realidade e consegue trazer bons questionamentos e boas mensagens sem parecer moralista. Creio que muitos viciados se identificariam com a Dora ou até com outros personagens que apareceram no decorrer do enredo. Eu preciso dizer que o livro mostra que a droga não escolhe raça ou status social (o que sabemos que é a mais pura verdade), todos nós podemos nos tornar vítimas do vício se cedermos a ele.

Dora segue sua jornada aprendendo sempre da pior maneira e fazendo todas as escolhas erradas. E nós? Nós vamos acompanhando seu caminho de autodestruição e tentando tirar as melhores reflexões possíveis dos erros que ela comete. 

A forma como o autor conseguiu dinamizar a história realmente foi espetacular, eu confesso que não esperava muito de Walcyr Carrasco por causa das telenovelas clichês da Rede Globo (apesar de ter gostado de algumas novelas que ele escreveu, mas isso não vem ao caso), entretanto, até que ele me surpreendeu bastante. Aliás, os autores brasileiros estão sempre me surpreendendo e cada dia eu sinto mais curiosidade por essa literatura tão nossa, tão verde e amarela que é a literatura brasileira.

Quando terminei o livro senti-me um pouco carregada por causa da intensidade da história que ao mesmo tempo em que está ali escrita, é tão real. Vemos isso todos os dias nos jornais e no nosso dia-a-dia e na maioria das vezes ignoramos porque é mais fácil assim. A história de Dora reflete a vida de milhares de jovens, não necessariamente iguais a ela. Mas, afinal, os caminhos da droga não são muitos diferentes, não é mesmo? Ou você se recupera ou você morre. Se você se recuperar, saberá que nunca estará 100% novamente e sempre precisará se controlar, tentando esquecer a marca que as drogas deixaram em você. É realmente triste. Esta história acabou lembrando-me outra: "Christiane F., 13 anos, Drogada e Prostituída" que, aliás, foi baseado em fatos reais (se eu não me engano). Para falar a verdade ainda não tive o prazer de ler este livro, só pude ver o filme. Mas espero conseguir lê-lo logo.

Em suma, "Vida de Droga" é um livro com uma escrita leve e fácil de acompanhar, podemos lê-lo facilmente em um dia ou dois e também não há palavras complicadas. Recomendo para todas as idades.

25 comentários:

Vanessa Pereira disse...

Esse foi um dos poucos livros que li quando estava na escola e adorei!
A história é triste mas como você disse, infelizmente é a realidade de muitos.

Suzi Aguiar disse...

Este livro é ótimo li ele esses dias,é um tema muiito bom para adolescentes,
Curti muito esse livroo..
Ele é facil de ler,da compreender rapidoo!!

Recomendo para todooos!
Beijoo

Anônimo disse...

.adorei este livro.vivemos em um mundo em que as drogas dominaram lares !este livro nos ensinam a refletir de como elas são devastadoras!e ainda tem gente que quer legalizar a maconha.depois quando falamos que o brasil é um país de MERDA acham ruim,pois enquanto os governantes roubam nossos dinheiros,e não envestem em educação,saúde,em clínicas de reabilitação para estes usuários,eles estão enricando com os impostos que cobram que por sinal são altíssimos e o que ganhamos em troca?nada.o brasil era pra ser um país de primeiro mundo,mas do geito que anda,a sintuação é só piorar!amanda lima

Anônimo disse...

adorei o livro por que ja passei por isso e com isso perdi a confiança da minha familha hoje nao uso mais,mais quem convive comigo sim e isso e a realidade que esta acontencendo ai pelo mundo e muito jovens morrendo por causa disso e a familha sofre muita vezes nao sabendo por que o filho morreu
muito legal o livro amei

Anônimo disse...

Esse livro realmente é maravilhoso!
Recomendo para todas as idades "

Anônimo disse...

Gosteii muito desse livro..
É um ótimo livro..
A única coisa que eu qria é que tivesse um continuidade para eu saber oq aconteceu com a Magda->Acho que é esse o nome da melhor amiga da Dora!

Maila M. disse...

AMEII VELHO ME AJUDOU MUITOOO OBRIGADA *--*

Anônimo disse...

ameii ler o livro,ja faz um tempo que ler essa historia mais ate hoje lembro muito bem dessa . ela e muito real,nos dias de hoje vemos muito isso acontecer.obrigado por escrever essa historia real.......

Anônimo disse...

Li esse livro muitas vezeess e o adoreii, ele é bem realista no mundo em que vivemos e serve de exemplo, linda a historia e bem detalhada do mundo das drogas...

Anônimo disse...

eu achei muito interessante porque fala de uma menina que era rica,cheia de luxo e de repente a situação financeira de seus começaram a ficar muito dificil e assim se mudaram para uma favela .resumindo dora fica infelizmente chateada com a situação que esta acontecendo e assim junto com seu novo namorado gui começa a entrar nas drogas...

Julliana disse...

É um livro ótimo para a leitura no ensino fundamental e médio, mostra que as diferenças entre os dois mundos, apesar do abismo social, não são tão diferentes assim no final. A droga independe da classe social.

Julliana disse...

Eu não esperava gostar tanto desse livro. Eu até levei para a minha professora de português no ensino médio que ainda não conhecia e recomendei para alguns colegas. Muito bom o livro.

Julliana disse...

A história é muito triste, basicamente é o segundo livro de escola que eu peguei pra ler e realmente adorei. Acredito que os pré-adolescentes e adolescentes seriam capazes de tirar uma lição melhor do livro, muito pesado para crianças, mesmo sendo a realidade de várias, é mais interessante oferecer a elas o melhor dos livros: o sonho de que o mundo pode ser melhor do que ele é.

Julliana disse...

Pois é Suzi, acredito que o livro seria ótimo para ser lido e debatido em escolas já que é um tema tão preocupante, atual e alarmante. Eu já tinha o lido antes, mas aí, quando fazia o ensino médio, tivemos um trabalho sobre o Crack e tal, daí eu lembrei do livro e dei destaque para o vício de Dora e como ela termina no crack, essa maldita droga que está se espalhando de forma viral pelas periferias. Aliás, deve ter sempre estado presente, a questão é que antes fugia dos olhos da mídia e do povo em geral.

Julliana disse...

Brasil só vai pra frente no dia em que a educação for uma prioridade do governo e isso é um fato. Com educação nossos problemas sociais seriam bem menores.

Julliana disse...

Faço das suas palavras as minhas, anônimo! Hahahaha :D

Julliana disse...

Acho que a Magda morre, não? Ela desaparece completamente e foge da internação algumas vezes. Ninguém mais ouve falar dela... Pra mim foi como se ela tivesse morrido, mas não me lembro direito a essa altura para afirmar com certeza, hahahaha. Obrigada por comentar! ;)

Julliana disse...

Sério mesmo? Que bom! Obrigada por comentar!

Julliana disse...

Sério mesmo? Nossa! Deve ter sido a maior barra tanto pra você quanto pra sua família. O problema da droga é que ela consome a pessoa, a faz agir por impulso para saciar o vício. Espero que você consiga seguir firme no seu caminho e longe dos vícios e das drogas. Obrigada por comentar!

Julliana disse...

É que essa história marca bastante a gente porque ela pega a realidade e esfrega na nossa cara. Querendo ou não, nos faz pensar.

Anônimo disse...

Nus livro que me marcou...''
ótimo, perfeito só tive pena de Gui e magda que ficou neste mundo sombrio mas tive alegria em saber o final que ela se livro das drogas fico imaginando que acontece isso com milhares de pessoas no mundo todo...

Anônimo disse...

Amo esse livro,quando eu estava na escola,todo mês tinha que reler esse livro acho a história muito boa,muito perfeito esse livro recomendo que todos leiam principalmente os jovens é uma história de luta.

Anônimo disse...

esse livro é otimo

xxxxx disse...

olha eu achei o livro incrível de verdade, mas eu não gostei do final assim como todos os meus amigos que leram comigo, então, para mim, o livro é ótimo tirando o final.

Anônimo disse...

O final é muito cliche, para uma historia pesada assim
Só que o livro em si, é otimo

Postar um comentário

- Agradecemos a leitura do post e adoraríamos saber a sua opinião.
- Responderemos o seu comentário aqui mesmo.
- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.

 
Eu ♥ Livros © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top