Eu ♥ Resenhas: "Wake" (Despertar)


Título Original: "Wake"
Autor (a): Lisa McMann
Ano: 2008.
Número de páginas: 208.
Editora: Novo Século.
Edição: 1ª edição.
Tradução: -






Wake conta a história de Janie Hannagan, uma garota que é “sugada” para dentro dos sonhos de outras pessoas. Neste momento você se pergunta: “Sugada?”, isso mesmo, “sugada”. Janie não tem controle sobre o seu poder e sempre que está por perto de alguém que está dormindo, ela acaba indo parar nos sonhos dessa pessoa, mas esse tipo de coisa estava começando a ficar cansativa. Apesar de Janie já ter aprendido a lidar com os sonhos sobre quedas, nudismo e sexo sem reagir de uma maneira muito estapafúrdia, os pesadelos apavorantes a matavam. Talvez pela intensidade que possuem, eles conseguiam afetá-la tão diretamente no subconsciente como no consciente. Porém, até então, Janie era apenas uma reles observadora dos sonhos alheios, mas aí ela cai em um pesadelo “terrível” no qual ela deixa de apenas observar e começa a participar.


Wake começa com argumentos pra um enredo incrível, porém quanto mais lemos a decepção se torna cada vez mais evidente. Apesar de o livro nos oferecer uma proposta incrível, a escrita da autora peca o suficiente para acabar com a vontade de ler qualquer que seja a próxima linha. A forma como ela desenvolve a história – narrando os fatos através dos horários em que ocorreram – é demasiadamente cansativa, apesar de nos oferecer pequenos parágrafos, a autora poderia ter inteirado os momentos em capítulos maiores, desenvolvendo assim, a história de uma maneira mais legível. A narrativa se arrasta de forma tediosa até que Janie conhece Cabel, quando este aparece, a história fica um pouquinho mais envolvente, mas nada que faça esse livro merecer mais do que uma estrela. Para falar a verdade, achei a história muito fraca e mal desenvolvida, a escrita da autora infantil e a personagem principal sem graça alguma. Terminei de ler o livro apenas porque não gosto de desistir no meio da leitura, mesmo sendo uma grande decepção. Aliás, Wake foi exatamente isso para mim.

Li o livro pela primeira vez antes de ser lançado pela editora de livros Novo Século, através de um e-book que encontrei na internet. Não lembro exatamente se ele me foi recomendado ou se encontrei alguma comunidade sobre o livro, no Orkut. Estava muito ansiosa para lê-lo já que a sinopse, como já disse, tinha uma grande proposta. As primeiras treze (é, só treze) páginas foram lidas facilmente, até chegar à décima quinta, acreditem ou não, foi um suplício (vejam bem, consigo ler um livro com mais de 300 páginas em um dia). A história toda foi um desgosto, uma vez que as partes mais emocionantes do enredo, os sonhos, foram porcamente descritos. A parte terrível não era nem tão assustadora assim, a parte do sexo, nem tão interessante quanto achei que seria e os sonhos sobre quedas e nudez em público, como os outros, nada demais. Esse livro simplesmente não prendeu a minha atenção e ainda por cima conseguiu um efeito sonífero incrível sobre mim, tanto que encarei o título da obra como um conselho da autora para com seus leitores, especialmente para comigo.


Talvez o livro tivesse sido mais interessante para mim quando eu tinha doze anos de idade, no momento, reitero todos os adjetivos negativos que usei nesta resenha.
Não recomendo, a menos que você não tenha absolutamente mais nada para ler.
Porém, apesar dos pesares, tentarei ler as sequências: “Fade” e “Gone”, pois pelas resenhas que andei lendo sobre esses dois, parece que a história fica um pouco melhor e os personagens mais desenvolvidos. E, claro, quando eu terminar a leitura, postarei aqui a resenha sobre eles.

O Trailer Book


Curiosidades: Para os que se interessaram, Wake provavelmente virará filme e Miley Cyrus está sendo cogitada para o papel de Janie. Acho eu que Wake se sairia melhor como filme do que se saiu como livro, mas – é claro – tudo depende da equipe envolvida.

4 comentários:

Caroline Juliane Bonifácio disse...

UOL !! O.O uma estrela ;s
Já ouvi tantos elogios deste livro. Agora estou com um pouco de medo de ler!! hehe'
Otima resenha. Beijos ! ;*

www.sobreumlivro.blogspot.com

J. disse...

Caroline, que legal ver você aqui! :D
"Wake" é um livro complicadinho, acho que ou você gosta ou você odeia. Acho meio difícil alguém ter dito que o livro era perfeito porque a escrita da Lisa McMann é terrível. Nem medíocre a infeliz consegue ser. Frases mal contruídas e diálogos mal elaborados. Na minha opinião, Wake tinha tudo para ser um dos melhores livros da atualidade, mas na verdade é apenas uma grande decepção. Estou para ler "Azul é Para Pesadelos" da Laurie Faria Stolarz que tem uma proposta parecida com "Wake", só que, na minha opinião pela sinopse que li, esse tem mais chances de seguir um rumo mais interessante, envolvendo um psicopata e tal. Também é um YA, mas parece ser muito melhor que Wake, assim que eu terminar de lê-lo também postarei uma resenha aqui. ♥ E obrigada pelo elogio ;*

Caroline Juliane Bonifácio disse...

Ual, ia comprar este livro, mais agora acho que vou terminar os outros da minha lista primeiro.
Ainda quero ler este livro, estou bastante curiosa!
;*

J. disse...

Eu recomendaria terminar os outros da sua lista primeiro, até porque "Wake" logo deve entrar em promoção, quem sabe você não consegue comprá-lo por R$10,00 no Submarino? :D

No Extra estava por R$16.

Postar um comentário

- Agradecemos a leitura do post e adoraríamos saber a sua opinião.
- Responderemos o seu comentário aqui mesmo.
- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.

 
Eu ♥ Livros © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top